segunda-feira, 11 de janeiro, 2021

No sábado (16), uma Live com tema do Boi Bumbá será narrada em Português e em Libras pelo gRUPO êBA!. Além dessa, muitas outras atividades podem ser acompanhadas pelo público de casa

O Museu Felícia Leirner e Auditório Claudio Santoro, instituições da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, geridas pela ACAM Portinari, promovem um mês com muitas atividades. Janeiro não passará em branco nos equipamentos e será repleto de ações.  

Dia 14, quinta-feira, será a vez de “Diversão em Casa” com o Cordel Felícia Leirner. A Literatura de Cordel é uma manifestação literária tradicional da cultura popular brasileira, fonte de preservação da identidade regional e folclórica. Sendo um texto acessível e tendo como principal função social informar sobre temas presentes na vida das pessoas, os cordéis estimulam o hábito e o interesse pela leitura e trazem informação, ao mesmo tempo em que divertem, por sua natureza habitualmente cômica e irônica. Durante o encontro, o público conhecerá a história de Felícia Leirner. Os educadores das instituições transmitirão esse universo que foi Felícia aos participantes.

Sábado (16) também será muito especial, o gRUPO êBA! apresentará a história do Boi Bumbá por meio de uma live transmitida pelo Facebook. Durante o encontro virtual, muita dança, brincadeiras e músicas serão realizadas pelo grupo. Para embalar o público, serão compartilhadas as trajetórias de Catirina e Francisco, história conhecida dos contos de tradição popular do Brasil. Os famosos personagens, em busca de reviver o Bumba meu Boi, levarão as crianças pelas riquezas da cultura maranhense e do nordeste brasileiro. O espetáculo será narrado em formato bilíngue (em português e em Libras), porque tudo deve fazer sentido para aqueles que ouvem e para os que não ouvem. Para isso, os gestos, ritmos corporais, vibrações e recursos visuais são usados e abusados, para que todos possam participar.

O Duo Rios Araújo, criado em 2017 pela violinista mineira Geiciane Rios e pelo violonista paulista Adailson Araújo, encantará o público em 17 de janeiro, às 11h. No domingo, a dupla mostrará um repertório original e transcrições de obras diversas para violino e violão. O repertório permeia a valorização e pesquisa da música popular e brasileira, sem abandonar o tradicional consagrado para essa formação.

Todas as atividades estarão disponíveis pelas redes sociais (Facebook e Instagram – @museufelicialeirner e, também, na página especial da programação do #CulturaEmCasa: https://www.museufelicialeirner.org.br/visite/programacao/culturaemcasa.

Comentários:

O seu endereço de e-mail não será publicado.