governo sao paulo
  • portugues
  • espanhol
  • ingles
  • diminuir texto
  • aumentar texto

Patrimônio Ambiental

Natureza exuberante

Natureza exuberante

A área de aproximadamente 35 mil m², onde estão sediados o Museu Felícia Leirner e o Auditório Claudio Santoro, é um importante remanescente de Mata Atlântica em Campos do Jordão.

Estudo promovido em 2011 pela ACAM Portinari concluiu que o local apresenta uma rica diversidade biológica, com espécies de animais ameaçados de extinção, e a necessidade de atividades de preservação e manejo.

No que diz respeito à flora, o levantamento constatou a existência de pelo menos 110 espécies de plantas fanerógamas, entre elas árvores, arbustos, ervas e epífitas como orquídeas, samambaias, bromélias e cactos. Algumas árvores mediram cerca de 25 metros de altura, incluindo robustas araucárias que tornam a paisagem ainda mais exuberante.

Quanto à fauna, foram identificadas pelo menos 92 espécies de aves, 19 delas endêmicas de Mata Atlântica, entre elas a saracura-do-mato, rabo-branco, beija-flor-de-topete, tucano-do-bico-verde, tangará, e 3 espécies ameaçadas de extinção: águia-cinzenta, jacu e papagaio-do-peito-roxo. Para mamíferos, foram detectadas 10 espécies: gambá-de-orelha-preta, tamanduá-mirim, gato-do-mato, jaguatirica, suçuarana, quati, veado, esquilo, ouriço e capivara. Há também anfíbios, répteis e muitas espécies de invertebrados.

Com base nesse estudo, o Museu irá direcionar sua ação ambiental no sentido de ampliar a proteção e valorização do ecossistema, fortalecendo-se como parceiro de unidades de conservação e referência em comunicação ambiental sobre a região e integrando-se ao mosaico de florestas preservadas com manejo que inclui proteção da biodiversidade e recuperação de áreas degradadas.

Fotos

Confira algumas das maravilhas naturais do local.